quarta-feira, 26 de janeiro de 2005

Globalização

Domingo passado, depois de participar na missa em espanhol, fui ver o Gil Vicente-Sporting ao núcleo sportinguista de Londres. Um belo jogo, acompanhado por um razoável cozido à portuguesa.
Ontem à noite telefonei para o Brasil. Telefonei, quero dizer, usei o Skype, um programa que permite falar através do computador. E assim, por apenas 4 cêntimos por minuto, pude falar, primeiro com a Rita Lancastre (que está com a Zezinha e o Jorge, em nome do MSV, a fazer um projecto de 1 ano em Montes Claros) e depois com os nossos vizinhos lá do bairro de Santa Rafaela. O som perfeito, como se estivessem aqui ao pé. E foi óptimo para matar saudades do excelente Verão de 2003.
Neste preciso momento estou no quarto a assistir ao Benfica-Sporting (2-2 à meia hora, isto promete!). Mas como, se a única estação com emissão online é a TVI e o jogo está a ser transmitido pela RTP? Eu explico: a minha irmã apontou a webcam para a televisão, e depois ligámo-nos pelo MSN.Com tudo isto, não dá para sentir a distância... Força, Sporting!

1 comentário:

AM disse...

Olá Tiago!
Trabalho como instrutora num programa que prepara o jovem para o primeiro emprego. Um de nossos conteúdos é a "Globalização". Porisso cheguei até teu blog e peço sua autorização para usar esse seu texto como um exemplo prático de globalização. Fique certo que os créditos serão respeitados.
O nome do projeto é "Juventude Cidadã". Agradeço também em nome de meus alunos.
Ana Maria - Curitiba - Pr - Brasil

*Isso realmente é globalização!!