segunda-feira, 6 de março de 2006

And the winner is...

Este ano foi só por pura teimosia, para cumprir a tradição. Uma tradição que vem desde os meus 11 anos, a primeira vez que fiquei acordado para assistir à cerimónia dos Óscares em directo. E desde então poucas vezes tenho falhado.
Mas dizia eu que foi por teimosia, não só por eu não ter visto nenhum dos filmes nomeados (tirando o Match Point e a Noiva Cadáver, nomeados para categorias menores), mas - pior ainda - porque aqui em Inglaterra o evento só passava num canal codificado. Por isso, ouvi a transmissão através da Antena 3, na internet. Enquanto passava a ferro, ia trocando palpites, por mensagem, com o Artur (olha quem!).
No final, valeu mais pelas muitas camisas passadas do que pelo evento em si, mas fiquei com vontade de ver nos próximos dias os 2 filmes mais galardoados: Brokeback Mountain e Crash. E hoje dou uma espreitadela ao "compacto".

3 comentários:

p.canha disse...

acho que nunca vi nenhuma entrega!!! um abraço estás com artur por ai. isso é que é sorte, sempre companhia.

amigona disse...

PARABÉNS ÀS CAMISAS....

El Chino disse...

T... como é que é possível ouvir-se a entrega dos óscares pela rádio?? Isso é que é tradição...
A companhia para um evento destes só podia ser mesmo de um senhor de barbas chamado Artur...
Como diz o José Maria... SAÚDE!!!!